Supervisão
Gestalt Terapia
Criadores

É conhecida por ser uma abordagem de contato. O gestalt-terapeuta é um facilitador que sabe fazer as perguntas certas e propor experimentos para que o paciente consiga fazer contato com as suas emoções, crenças, desejos, percepções e com todo o seu mundo interno.

Um dos objetivos é ajudar o paciente a alcançar a awareness que é um alto grau de consciência de si mesmo e do mundo a sua volta. Desta forma o paciente percebe que mesmo que eventos externos aconteçam e provoquem determinadas emoções ele se dá conta que pode reagir da melhor forma possível, usando todos os recursos que ele tem disponível.

É uma abordagem psicoterápica voltada no aqui e agora. Quando passamos por um trauma no passado, ele continua presente atrapalhando nossas vidas.

O modo de trabalho do gestalt-terapeuta é trabalhar o trauma como se fosse hoje e dar a oportunidade para o paciente mudar o final da história e resignificar a experiência curando o trauma e libertando a pessoa para novas possibilidades.

 

Responsável: Priscilla Faro psicóloga clínica e hipnóloga

 

Fritz Perls
Laura Perls

Público: Estudantes ou Profissionais de Psicologia

Objetivo: Orientar o psicólogo clínico no atendimento psicoterápico para melhorar a qualidade do atendimento.

Abordagens: Gestalt-Terapia e Psicanálise

 

Supervisão em Psicanálise

Para a Psicanálise, a linguagem não é simplesmente um meio de expressão. É algo que vai além por ter a capacidade de transformar o indivíduo humano no mais profundo de si mesmo, não impondo um conhecimento técnico, e sim contribuindo para o desenvolvimento de sua potência criativa e estar bem com sua subjetividade. Por isto, a função própria do psicanalista é escutar além do que o sujeito diz. Isto é o que se chama interpretação, é escutar o sujeito não no que ele crê dizer de racional, mas sim no que flui através da mensagem que ele emite.

 

Responsável: Lúcio Artioli Psicólogo Clínico

Freud
Lacan
Criadores